Menina de Laço | Guilherme Otani

Menina de Laço

GO: Falem sobre o surgimento da Menina de Laço.
Clarice Julio e Clarissa Ornellas: Tudo começou com as nossas duas meninas, Clara e Veridiana. Elas tinham cabelos encaracolados e não encontrávamos nada por aqui, do nosso gosto, para prendê-los/enfeitá-los (isto aconteceu em meados de 2008).
(…)
Clarissa: Numa viagem, a Clarice encontrou hairbows americanos e acabamos adquirindo uma quantidade grande para não “sofrer” se elas perdessem.
Este foi o início de tudo!

GO: E a expansão física e virtual da marca, como se deu?
Clarice: Fisicamente, em meados de 2012, decidimos profissionalizar a Menina de Laço e alugamos uma sala comercial em Mogi.
Na mesma época migramos nossa vitrine virtual para uma loja virtual e, junto a isto, montamos um pequeno showroom e o estoque na sala comercial de 42 m². O e-commerce atende o Brasil todo (na realidade, temos clientes que residem fora do País, também).
(…)
A rotina começa cedo: verificação de pagamentos, montagem das encomendas e despacho pelos correios.

GO: Recentemente, a Menina de Laço inaugurou mais um de seus carrinhos em Mogi…
Clarissa: Sim!
No centro de Mogi já possuíamos uma loja física e, até então, sempre optávamos por abrir novos carrinhos em lugares onde não tínhamos base. Mas, por solicitação das nossas clientes, acabamos de aterrissar no Mogi Shopping – estamos muito felizes!

GO: Quais são os planos, agora?
Clarice: Trouxemos, com o carrinho do Mogi Shopping, um novo conceito.
Assim, além dos laços, nossas clientes encontram o que batizamos de Linha Francesa, em acetato; que atende filhas e mães. Luxo puro apresentado em uma penteadeira anexa ao carrinho!
Pretendemos lançar esta linha de forma gradativa nos carrinhos já instalados e, ano que vem, chegar em novas cidades ainda não atendidas fisicamente!

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta