Turismo | Guilherme Otani

Turismo

Muitos dizem que o inverno é uma das melhores épocas para se visitar o Centro de Portugal (agora é a hora), pois os lugares estão mais vazios e dificilmente é preciso enfrentar filas para conhecer as principais atrações turísticas, o que pode otimizar bastante o tempo de viagem.

Gastronomia

A pluralidade do Centro de Portugal se reflete nos sabores que vão do mar às montanhas. Na costa, frutos do mar são os ingredientes principais de ensopados que não podem faltar em um jantar tradicional. O bacalhau, carro-chefe da gastronomia lusitana, também tem seu apreço nesta região, com seu lugar de honra em Ílhavo. O leitão à Bairrada, a vitela assada à moda de Lafões e os queijos amanteigados que aguçam os sentidos são apenas alguns destaques do seu leque de delícias.

Aldeias históricas

As 12 aldeias históricas da região foram parte fundamental das defesas portuguesas nos tempos antigos e possuem uma grande ligação com a história do Brasil, como no caso de Belmonte, onde nasceu Pedro Álvares Cabral. Hoje, elas são um atrativo fascinante para uma verdadeira viagem no tempo.

Serra da Estrela

A Serra da Estrela é a cadeia montanhosa com a maior altitude de Portugal Continental e encanta os turistas com suas belezas naturais, pequenos vilarejos históricos, gastronomia sem igual e parques que ostentam paisagens de tirar o fôlego. Porém, seu grande diferencial está no fato de abrigar a única estação de esqui do país.

A Estância de Ski – Serra da Estrela está situada em um dos pontos mais altos do país, onde a temperatura pode chegar a 20ºC negativos no inverno. As ofertas de atividades são variadas, fazendo a alegria tanto das famílias em uma viagem de lazer, quanto dos atletas profissionais que buscam desafiar seus limites.

Rotas do Vinho

Quem não gosta de degustar um bom vinho em dias frios? Com seus cenários inesquecíveis e patrimônio histórico sem igual, o Centro de Portugal oferece experiências exclusivas para os amantes dos vinhos. Aventure-se pelos roteiros vinícolas na Rota da Vinha e do Vinho do Oeste, a Bairrada ou a famosa região do Dão, onde se produz vinhos desde o século XII, realizando uma genuína experiência portuguesa.

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta