Evite riscos

Evite riscos

Pesquisas demonstram que o Brasil é um dos principais países que recorrem às cirurgias plásticas. E, sim, elas podem ser extremamente eficazes quanto à resolução de problemas funcionais ou à correção estética. Mas, independentemente do motivo, se tratam de procedimentos médicos e, portanto, merecem muita atenção.

Segurança deve ser a regra número um. Ela tem início na primeira avaliação e só termina após a alta, passando por todas as etapas do tratamento (diagnóstico correto, eventuais problemas de saúde, compreensão de riscos e resultados…), tudo pautado em muita franqueza. É essencial que o cirurgião entenda o que se deseja fazer para nivelar as expectativas com o que é, de fato, possível.

A indicação do procedimento é de responsabilidade do médico que, através de seus conhecimentos, ética e diligência, define se o mesmo é pertinente, explicando a totalidade do caso ao paciente.

A confiança no profissional, portanto, aumenta à medida em que o mesmo age com sinceridade e profissionalismo. Possuir título de especialista reconhecido pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica garante a formação específica na área (pode-se verificar se ele é membro da SBCP através do próprio site da sociedade, na aba “Encontre um Cirurgião”).

Lembre-se: profissionais sérios e comprometidos com a integridade dos pacientes seguem orientações rigorosas. A escolha do cirurgião deve ser pautada por estes fatores, nunca exclusivamente pelo preço ou por resultados, fotografias e/ou comentários postados de forma, por vezes, banalizada em redes sociais.

Outro detalhe: qualquer intervenção médica deve ser realizada em ambiente adequado, de acordo com legislações específicas. O tipo de procedimento, riscos envolvidos, duração, anestesia e necessidade de pernoite determinam o melhor local.

No pós-operatório todas as medidas de segurança devem ser mantidas. Os retornos são fundamentais para permitir a adequada evolução do processo de cicatrização e oferecer o melhor resultado.

Por fim, resultados duradouros dependem da adoção de hábitos saudáveis. Consultar um nutricionista, um endocrinologista e um dermatologista faz parte do processo. Usar filtro solar diariamente é fundamental, especialmente sobre a região operada, além da prática regular de exercícios físicos (a partir da liberação médica).

__________

Fonte: blog da Clínica Paulillo

Aprendi a ser jornalista na marra.

Sou formado em Direito mas, desde que me conheço por gente, curto comunicação. E a curtida é latu sensu: jornal, rádio, TV, revistas e, mais recentemente, redes sociais.

Com base nestes mais de 20 anos de prática e passagens por vários veículos, o que um dia foi um blog, virou site: o “GO” tem a incumbência de trazer informação variada, dicas, falar sobre cultura e cobrir o social do pedaço.

Hope you enjoy.

20 de junho de 2020

Compartilhe com seus amigos:

imagem_144