#

Pós-operatório

#

Pós-operatório

Parte importante do sucesso de uma cirurgia plástica, o pós-operatório é o momento em que o que o paciente faz pode ser decisivo para seu bem-estar e conforto durante a recuperação; além de poder acelerar, atrasar ou prejudicar a cicatrização.

O uso da malha cirúrgica é um cuidado comum prescrito pelos médicos após vários tipos de plástica (mamoplastia, abdominoplastia, lipoaspiração…). Ele auxilia na cicatrização e deixa o paciente mais confortável, influenciando muito no resultado final.

Malhas cirúrgicas são roupas que fornecem uma pressão constante em toda a área em que foi feita a cirurgia. Seu objetivo é dar apoio e conforto, além de ajudar a diminuir a retenção de líquido que se acumula por conta do procedimento (o que também facilita a cicatrização).

É importante ficar atento à escolha e se certificar de que a malha tem tecido de qualidade, antimicrobiano; e que deixa a pele transpirar tranquilamente para não reter umidade (umidade em excesso pode causar irritações).

A malha é colocada no paciente imediatamente após a cirurgia, ainda no centro cirúrgico, e deve comprimir de forma confortável. Se muito apertada, além de ferir a pele, pode impedir a circulação do sangue no local, o que provoca a morte dos tecidos.

Seu tempo de uso vai de acordo com a cirurgia. E deve ser utilizada durante o dia todo, sendo retirada apenas para o paciente tomar banho (ou para ser lavada).

Ela exerce uma pressão suave e constante na área operada, com a finalidade de moldar a pele às novas medidas corporais e juntar tecidos que sofreram transformações durante a cirurgia.

Além do mais, faz um tipo de drenagem linfática natural, comprimindo o espaço intercelular e, consequentemente, ajudando a eliminar o líquido presente no sistema linfático e no plasma sanguíneo.
Mas uma das principais funções é ajudar na cicatrização: como auxiliar na eliminação do excesso de líquido acumulado entre as células, deixa-as mais próximas, o que contribui.

Em poucas palavras, a roupa de compressão permite que seu corpo se cure de forma uniforme e tranquila.
O modelo a ser usado varia conforme o tipo de cirurgia. Por isto, é muito importante saber tudo sobre o pós-operatório com o cirurgião plástico, que irá recomendar o tipo ideal.

Aprendi a ser jornalista na marra.

Sou formado em Direito mas, desde que me conheço por gente, curto comunicação. E a curtida é latu sensu: jornal, rádio, TV, revistas e, mais recentemente, redes sociais.

Com base nestes mais de 20 anos de prática e passagens por vários veículos, o que um dia foi um blog, virou site: o “GO” tem a incumbência de trazer informação variada, dicas, falar sobre cultura e cobrir o social do pedaço.

Hope you enjoy.

1 de maio de 2020

Compartilhe com seus amigos:

imagem_144